top of page

17/02/2022 - Por Teacher Matheus Moretto


Existe uma grande chance de você ter errado, ou ficado em dúvida quando falou “eu não me importo”, já que temos duas opções para expressa isso em inglês.


Para entender por completo e saber utilizar corretamente, é necessário entender as seguintes situações em que falamos “eu não me importo”:


SITUAÇÃO 1:

Você não se importa, porque todas as opções que te deram são boas ideias.


SITUAÇÃO 2:

Você não se importa, porque não quer se envolver, já está até irritado com a situação e não quer mais falar sobre isso.


Para a SITUAÇÃO 1 utilizamos a expressão I DON’T MIND, para a SITUAÇÃO 2 utilizamos a expressão I DON’T CARE.


EXTRA:

I don’t care não é uma maneira educada, evite usar.


8 visualizações0 comentário

07/02/2022 - Por Teacher Matheus Moretto


Se você é uma dessas pessoas que acha que não precisa estudar inglês, nesse post vou te provar que todo mundo precisa.


Com dados e estimativas reais, as 3 primeiras razões deveriam ser suficiente pra convencer qualquer um, mas se não for, eu ainda te apresento o mico, digo, número 4.


1 - VALOR DO DÓLAR

A estimativa é que em janeiro de 2024, o dólar esteja custando R$6,26. Se você se dedicar ao inglês agora, é possível que até lá você esteja no nível intermediário, o que já é o suficiente para conseguir um emprego como AuPair, limpeza, restaurante, etc.

Se aparentemente essas vagas não são atraentes, os números sem dúvida serão.

Para, principalmente, mulheres entre 18-30 anos, vagas de AuPair, que é o menor salário dentre as vagas citadas, pagam em torno de US$900.

De acordo com a estimativa para janeiro de 2024, isso seria R$5634 por mês, ou R$67608 ao ano.


2 - CARREIRA

Dados do IBGE mostram que, mesmo com diferença de gênero no mercado de trabalho no Brasil, as mulheres vêm se destacando em entrevistas de emprego por suas qualificações, cursos e especializações.

Para os homens, na faixa dos 25 anos, que estão tentando entrar no mercado de trabalho, ou construir sua carreira, o inglês está se tornando cada vez mais requisito mínimo, sendo que, a maioria das mulheres concorrendo as mesmas vagas já possuem inglês fluente no CV.


3 - SAÚDE MENTAL

Segundo uma pesquisa feita em Toronto, Canadá, pela York University, pessoas bilingues diminuem o risco de demência precoce como por exemplo o Alzheimer.

Segundo o professor e pesquisador em neurociências da Universidade Federal de São Paulo, Pedro Calabrez, aprender uma língua nova, pode retardar a doença em até 5 anos.


4 - PERDIDA NO ROLÊ

Muitos aqui já viram aquele meme do antigo programa da Xuxa, com a apresentação internacional do grupo GILLETTE. A platéia se diverte, e se contagia com o hit da banda, mas o que ninguém sabia, provavelmente nem mesmo a produção do programa naquela época, é que a letra é extremamente inapropriada para crianças e para a TV naquele horário.

Tanto que não pude falar a letra da música no vídeo e também não vou poder colocar aqui, mas como virou um meme, se quiserem saber mais, é simples de encontrar na internet até hoje.


5 visualizações0 comentário

06/02/2022 - Por Teacher Matheus Moretto


As vezes passamos pro momentos financeiros que nos obrigam a cortar custos, se você está passando por isso agora, e, por esse motivo, não vai poder continuar seu curso de inglês, saiba que nem tudo está perdido, pois é possível aprender sozinho(a).


Para isso você deve seguir esses 5 passos que todos que já aprenderam sozinhos seguem.


PASSO 1

SELECIONE AS SUAS FERRAMENTAS

Esse passo é importante para que você não fique perdido na hora de estudar, pois a internet oferece um monte de conteúdo de inglês em diversos tipos de plataforma. São tantos, que as vezes não dá nem pra saber por onde começar, e, é exatamente por isso que é importante selecionar as ferramentas para que você possa prosseguir para o passo seguinte.

Dentre as ferramentas, (Livros, PDFs, Sites, YouTube, Instagram, etc.) você deve tentar encontrar conteúdos que irão te auxiliar na prática de todas as habilidades: fala, leitura, escrita e áudio.


PASSO 2

ORGANIZAÇÃO

Com as ferramentas selecionadas, você precisa se organizar. Analisar sua agenda e ver quantos dias na semana será possível, quantos minutos, e, dentro disso, tentar incluir um pouco de cada habilidade, para praticar todas todos os dias.

Se isso não for possível, você deve organizar para que nenhuma habilidade seja praticada mais ou menos do que a outra se não for a necessidade.


PASSO 3

ADAPTAÇÃO

Durante um período de 15 dias, você vai colocar isso em prática e, vai tentar seguir a risca o seu cronograma. Mas por ser um período de adaptação você também deve ir analisando se está sendo possível fazer dessa forma e anotar tudo o que você perceber que precisa passar pelo próximo passo.


PASSO 4

REAJUSTE

Após os 15 dias de adaptação, você vai pegar todas as anotações que fez referente ao período de adaptação e reajustar o que for preciso. Esse passo é importante, pois se percebeu que algo não surtiu o efeito esperado durante a adaptação, é necessário reajustar para que seja algo possível dentro da sua disponibilidade, conhecimento, etc.


PASSO 5

CONSTÂNCIA E INTENSIDADE

É o passo mais importante de todos. De nada adianta chegar até aqui e não ter constância nos estudos, ou então não buscar por mais conteúdos e manter seu conhecimento sempre apenas no básico.

4 visualizações0 comentário
bottom of page